O efeito da pesquisa de mercado para as empresas pode ser comparado ao que acontece quando se olha para baixo, estando em um local alto. Como o campo de observação é maior, enxerga-se muito mais longe. Similarmente, gestores podem ampliar o campo de observação ou sua visão estratégica por estarem bem informados sobre o seu mercado de atuação.

Naturalmente, a informação para ter uma aplicação útil precisa antes ser confiável. Caso contrário, ela só induzirá a erros na tomada de decisões, provocando sérios prejuízos. E quem ganha com isso são apenas os seus concorrentes.

Convertendo dados em informações decisivas

É fundamental que o gestor veja a diferença entre ter acesso a um “bando de dados”, confuso e desatualizado, e acesso a informações bem fundamentadas, que são realmente capazes de dar “um norte” à empresa. Estas devem ser obtidas a partir da coleta criteriosa e da análise sistemática de dados corretos e atuais do mercado.

Organizações que estão se aprofundando em seu nicho de mercado e no perfil de seus consumidores enxergam oportunidades onde a concorrência ainda não. O resultado? Abrem o caminho para se diferenciar e marcar presença num mercado sedento por inovação.

Por isso, quando se avalia a necessidade de diferenciação, especialmente ao se atravessar períodos de crise, a pesquisa ou análise de mercado faz toda a diferença, sendo uma ferramenta indispensável para gerar inteligência competitiva.

Colocando a pesquisa de mercado no planejamento estratégico

A realidade é que não há planejamento estratégico eficaz sem pesquisa de mercado. Um bom planejamento evita que uma empresa fique “à deriva”, tomando decisões equivocadas que podem custar o seu futuro. E sem uma base confiável de informações é justamente isso o que acontece, na maioria dos casos.

A falta de pesquisa de mercado gera a falta de conhecimento sobre o mesmo. Isso, por sua vez, continua provocando um alto índice de mortalidade nas empresas, sobretudo nos novos empreendimentos, já que muitos de seus gestores confiam apenas em seu próprio instinto. A consequência mais comum é que abrem as portas e rapidamente as fecham.

Para comprovar, a pesquisa “Sobrevivência das Empresas no Brasil”, divulgada pelo Sebrae em outubro de 2016, revelou que um terço das empresas abertas no Brasil acabam fechando as portas dentro de até dois anos. Um dos principais motivos? Falta de planejamento.

Os gestores que levam a sério o investimento em pesquisa aumentam sua visão sobre o mercado e o próprio negócio. Assim, têm condições de traçar estratégias decisivas e criar um bom plano de ação, explorando o potencial de competitividade da empresa e preparando o caminho para o seu crescimento, não apenas para a sua sobrevivência ou sustentabilidade financeira.

Chega de correr riscos desnecessários!

A melhor forma de obter inteligência competitiva é investir em pesquisa de mercado. Conforme destacado, subestimar a sua importância pode custar muito mais para a organização.

Portanto, gestor, se você quer ampliar a sua visão estratégica e reduzir as incertezas em 2019, faça da pesquisa a sua aliada na tomada de decisões. Fale já com os especialistas de pesquisa do Instituto PHD!

Entre em contato com os consultores do Instituto PHD, e comece a tomar decisões do jeito certo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Corrida Eleitoral já Começou!

Fale diretamente com um dos nossos consultores especializados em Pesquisas Eleitorais, e dê o primeiro passo para ser eleito em 2020!

Basta nos informar o município que deseja realizar a pesquisa para receber uma proposta sem compromisso.

WhatsApp com Consultor