No mundo das pesquisas existem basicamente dois tipos de metodologia: as pesquisas quantitativas e as pesquisas qualitativas. No artigo de hoje, o Instituto PHD vai mostrar quais são as principais aplicações das pesquisas qualitativas. Vamos falar sobre quais são os tipos de trabalhos que pedem este tipo de abordagem metodológica. Mas antes de falar para que servem, vamos mostrar dois tipos mais comuns de realizações das pesquisas qualitativas: o Focus Group e as Entrevistas em Profundidade.

Focus GroupFocus Group (ou Discussão em Grupo): Este tipo de pesquisa consiste em reunir um grupo de pessoas em um local (uma sala de reuniões, por exemplo) e começar um diálogo a respeito de um assunto. As pessoas que participam deste grupo de discussão são coordenadas por um moderador. Esta conversa pode ser filmada ou gravada e posteriormente analisada para se perceber todas as reações do grupo a respeito de determinado assunto. Quando realizada em uma sala de espelho, o Instituto PHD oferece a possibilidade de o cliente acompanhar o trabalho em tempo real, ou através de streaming pela internet. Saiba mais.


Pesquisas em ProfundidadeEntrevistas em Profundidade: Esta outra metodologia se diferencia do Focus Group porque é realizada individualmente. As entrevistas em profundidade são realizadas com diversas pessoas, mas em momentos diferentes. Normalmente não há um roteiro para ser seguido nestes tipos de entrevista. Apenas há um tema principal e a “conversa” vai fluindo de acordo com as respostas do pesquisado. Em alguns casos, há um pequeno roteiro de cerca de cinco perguntas, para assegurarem de que todo o escopo do projeto será abordado e cumprido.

Aplicações das Pesquisas Qualitativas

Agora que já vimos como são feitas as pesquisas qualitativas, vamos mostrar duas situações em que pesquisas utilizando esta metodologia podem ser aplicadas para se alcançar resultados: a de importância mercadológica (para ver a aceitação de produtos) e a de relação político eleitoral (para verificar situações políticas de certos locais).

Pesquisas de Mercado: Quando um novo produto é lançado ou está sendo projetado, a reação do público em relação a ele ainda é um mistério. Ou seria, se não fossem estas pesquisas. Elas podem ser usadas tanto em relação a produtos quanto em relação a serviços. Com as informações que se têm da pesquisa qualitativa é possível traçar estratégias para melhorar a inserção destes produtos ou serviços.

  • Qual é o melhor lugar para se abrir um negócio?
  • Qual a percepção do meu cliente sobre meu novo produto?
  • Como nortear melhor minhas campanhas de Marketing?

Pesquisas Eleitorais: Outra aplicação das pesquisas qualitativas é em relação ao uso delas na criação de estratégias eleitorais. Através destas pesquisas é possível verificar qual é o panorama de um local específico para nas eleições apresentar propostas que solucionem estes problemas. Também é possível analisar pré-candidatos com as pesquisas qualitativas. Ex: há dois pré-candidatos em um partido para eleição de prefeito. Uma pesquisa qualitativa pode ajudar a definir qual o pensamento das pessoas em relação aos candidatos e consequentemente ver qual o que tem melhor aceitação.

  • Qual o motivo de os eleitores votarem ou não em mim?
  • Quais são as melhores soluções para os problemas da cidade?
  • O que a população pensa sobre determinado candidato para as próximas eleições?

Se quiser saber mais sobre pesquisas qualitativas entre em contato com o Instituto PHD.