Criando valor para o seu produto

 

Houve um tempo em que os fatores que determinavam o preço de um produto eram o custo de produção, a relação oferta x demanda, a concorrência direta e o poder aquisitivo do consumidor a que se destinava o produto.

O mundo mudou, os negócios também. Hoje se percebe, além da concorrência direta, os concorrentes indiretos, que oferecem produtos diferentes, mas que atendem aos mesmos anseios, desejos e necessidades do consumidor. A competição por preço reduz a margem de lucro na mesma medida em que os consumidores se tornam cada vez mais exigentes e esclarecidos, sobretudo a partir do advento da era da informação.

Os valores dos consumidores mudaram e o caminho obrigatório para as empresas se destacarem é entender esse novo indivíduo. O conceito de valor é um dos mais fascinantes do Marketing, sintoma da mudança do foco do produto para o cliente. Bens e serviços são desenvolvidos e aperfeiçoados a partir de pesquisas de opinião e as variáveis como vendas e participação no mercado juntaram conceitos como pós venda e satisfação, medida pelas pesquisas de satisfação de clientes, para avaliar o sucesso do produto.

 

Valor e imagem de marca

O conceito de valor permeia todas essas novas variáveis, a partir do momento em que coloca o cliente no centro das decisões de marketing. Criar valor para o cliente é um processo que compreende, antes de mais nada, entendê-lo, saber o que ele busca ao consumir determinadas categorias de produtos.

Um dos caminhos necessários para se construir valor é entender por quê algumas marcas são tão queridas e desejadas, porque as pessoas pagam mais por elas. Isso acontece porque elas souberam construir uma imagem de marca, através de um padrão de desenvolvimento da oferta condizente com os valores almejados por seus clientes, que são materiais e imateriais. O valor é o que o cliente almeja. O valor percebido é a diferença entre o valor almejado e o custo da aquisição, mas se engana quem acha que esse custo consiste apenas em preço. O preço, dentro dessa nova perspectiva, é apenas o custo monetário estabelecido pela satisfação, com base na capacidade da empresa entregar o que promete e no posicionamento da mesma perante a concorrência.

A imagem de marca é o que as pessoas pensam dela, logo precisa ser construída com bons produtos, bons serviços, atendimento, conveniência, ambiente e experiência, mas, sobretudo, na capacidade de entender as pessoas, comunicar e entregar o valor almejado. Todos esses cuidados são capazes de, conjugados, construir marcas valiosas. Dê às pessoas o que elas querem, reduzindo ao máximo os custos, que elas não se incomodarão de pagar mais caro.