O mundo das pesquisas, enquetes e levantamentos de opinião tem diversos termos que são praticamente inteligíveis para quem está fora deste circuito. Quem deseja encomendar uma pesquisa de opinião ou de satisfação deve estar sempre atento a estas palavras. Afinal, é sempre bom saber qual é o tipo de abordagem metodológica que mais se encaixa a sua pesquisa. Para lhe ajudar a entender melhor o mundo das pesquisas, duas destas siglas serão apresentadas no artigo de hoje do blog do Instituto PHD: CAPI e CATI.

Pesquisas CAPICAPI: A sigla significa Computer Assisted Personal Interviewing (ou Entrevista Pessoal Assistida por Computador). Como o nome mesmo fala, a CAPI dá conta de designar todos os tipos de pesquisas que são feitas com a ajuda de um computador portátil. Com o crescimento do número de usuários de ferramentas de web, é cada vez maior o número de pessoas que participam de pesquisas assim.

As CAPI são entrevistas pessoais que utilizam recursos como softwares para aleatorizar as questões do estudo. As maiores vantagens da CAPI estão na praticidade de se utilizar os softwares para coleta de dados (substituindo a velha prancheta e blocos de papel tão utilizados nas pesquisas clássicas). Além disso, o computador que o entrevistador utiliza garante aleatoriedade nas questões levantadas diminuindo, assim, erros em pesquisas devido a ordem das perguntas.

Pesquisas CATI - Pesquisas por telefoneCATI: Significa Computer Assisted Telephone Interviewing (Entrevista Telefônica Assisitida por Computador). Também utiliza um computador portátil como ferramenta para as pesquisas. Porém, a grande diferença deste tipo de método de coleta de dados é o uso do telefone. Ou seja, a CATI engloba o uso do computador como auxiliar para mandar os dados e consulta de quais são as questões das enquetes e o telefone serve como suporte para fazer as entrevistas em si.

O uso do telefone como método de pesquisa exige um pouco mais de formalidade e também controle do entrevistador sobre as questões (já que a entrevista pode ser cortada a qualquer momento). Entrevistar por telefone (com ou sem o auxílio do suporte eletrônico) é recomendado para entrevistas quantitativas ou em casos que é impossível ou muito difícil acessar os entrevistados.

Aparatos eletrônicos ajudam na pesquisa: O uso da informática tem tornado as pesquisas de opinião, pesquisas políticas e outras enquetes cada vez mais exatas. Existem softwares que colocam a ordem das perguntas de acordo com as respostas dos entrevistados, desta forma garantido mais exatidão na apuração das questões das pesquisas. Por isso, pode ter certeza que a tendência no futuro é ouvir cada vez mais as palavras CATI e CAPI quando relacionadas à metodologia de coletas de dados para pesquisas.

Se você quiser saber mais sobre como o Instituto PHD faz as suas pesquisas, entre em contato conosco.

A Corrida Eleitoral já Começou!

Fale diretamente com um dos nossos consultores especializados em Pesquisas Eleitorais, e dê o primeiro passo para ser eleito em 2020!

Basta nos informar o município que deseja realizar a pesquisa para receber uma proposta sem compromisso.

WhatsApp com Consultor