O que é Conjoint Analysis ou Análise Conjunta?

Análise Conjunta ou Conjoint Analysis, o que é?

Análise Conjunta ou Conjoint Analysis, o que é?

Pode-se dizer que o sucesso de uma empresa nos negócios está no seu poder de influenciar a decisão de compra do consumidor. Para isso, porém, antes é necessário entender como ele pensa, ou seja, como toma as decisões e por quê. E isso não é tarefa fácil, considerando que a decisão de compra é um processo complexo, baseado em fatores comportamentais racionais e emocionais que pesam na hora de escolher uma marca.

Especialmente agora, período de pandemia e crise, entender o processo de decisão de compra de produtos e serviços é o caminho para a diferenciação e sobrevivência das empresas nos meses à frente. Se você busca participar ativamente do processo de decisão de seu cliente, ou mesmo explorar o potencial do mercado para um novo produto/serviço, veja a seguir como a Análise Conjunta pode ser vital para suas ações e estratégias.

 

O que é a Análise Conjunta ou Conjoint Analysis?

A Análise Conjunta (Conjoint Analysis) é um método de pesquisa quantitativo, criado por Paul Green e Vithala Rao no início da década de 1970, muito utilizado para avaliar como os clientes desenvolvem preferências por produtos ou serviços. Ele analisa quanto um atributo agrega a um produto ou serviço durante a decisão de compra, como preço, benefícios ou características específicas, permitindo assim simular preferências e prever respostas do mercado consumidor.

Mas de que atributos estamos falando? De toda característica que pode ser testada junto aos consumidores, desde as especificações técnicas de um smartphone ou tablet (tamanho da tela, resolução das câmeras, sistema operacional, memória RAM, armazenamento interno etc.), até as características de um hotel (localização, estrutura, atendimento, qualidade da comida, limpeza etc.).

Analise Conjunta - Conjoint Analysis

Como aplicar a Análise Conjunta/ Conjoint Analysis?

A primeira coisa é definir as características ou atributos que serão testados.Em seguida, deve-se criar o questionário com múltiplas opções de produtos/serviços, além de características e preços variáveis, para que o consumidor decida. Após testar diferentes cenários, descobre-se quais atributos direcionam as preferências dos clientes potenciais.

Como um exemplo, gostaria de deixar um video muito bem explicativo (em inglês) para auxiliar no entendimento:

 

Por dentro dos benefícios da Análise Conjunta/ Conjoint Analysis

Pesquisas quantitativas realizadas com o método da Análise Conjunta ajudam as empresas a atingir pelo menos três importantes benefícios:

  • Revelam percepções e insights sobre os produtos/serviços atuais, possibilitando avaliar quais atributos afetam sua popularidade e aceitação, e quais afetam o valor da marca e a sua participação no mercado;
  • Ajuda a desenvolver novos produtos/serviços capazes de atender às expectativas e preferências do público-alvo, tais como preço ou outras características;
  • Permite aprimorar as estratégias de precificação, produção, logística, marketing etc.

 

Pensando nos benefícios destacados, o que acha de experimentar o método da Análise Conjunta/ Conjoint Analysis? Com a ajuda de nossos estatísticos, sua empresa terá acesso a informações úteis e estratégicas para orientar as decisões, podendo preparar o caminho para sua sobrevivência, crescimento e inovação nos negócios.

O que acha de falar com um especialista? Entre em contato conosco, fale com nossos estatísticos e te ajudaremos a desenvolver sua pesquisa Análise Conjunta/ Conjoint Analysis.

 

Confira também outros artigos do nosso blog :)

Categorias

Análise de Concorrência, Pesquisa de Mercado, Pesquisa de Opinião, Pesquisas de Mercado, Pesquisas de Opinião, Pesquisas Quantitativas, Tipos de pesquisas

Compartilhe:

Precisa de uma Pesquisa?

Fique por dentro:
O que você procura?