Você já viu aqui no blog do Instituto PHD que fazer uma pesquisa de mercado antes de iniciar um negócio é algo primordial. Entre os tipos de pesquisas temos a quantitativa e a qualitativa. Hoje mostraremos a você um pouco mais sobre a Pesquisa Qualitativa. Você saberá por que este tipo de pesquisa é tão importante para quem quer obter sucesso em uma empreitada. Principalmente se você está começando um empreendimento novo. Veja onde usar as pesquisas qualitativas.

Pesquisas Qualitativas - Instituto PHD

Pesquisas Qualitativas – Instituto PHD

Conheça as soluções do Instituto PHD para pesquisas qualitativas, e entre em contato agora mesmo para solicitar um estudo

O que é uma pesquisa qualitativa?

A metodologia de pesquisa qualitativa é aquela na qual o pesquisador busca obter resultados aprofundados através da averiguação com certo número de pessoas. Por se tratar de uma pesquisa exploratória (que busca definir como é um cenário), é recomendada para quem deseja fazer uma busca mais geral e depois definir pontos mais específicos. Ou seja, o público que vai responder a pesquisa qualitativa é que vai ajudar a definir como é o cenário para um produto ou serviço.

Para ilustrar como é feita uma pesquisa qualitativa, vamos usar um exemplo: uma empresa que trabalha com produtos de limpeza precisa saber como está sua imagem no mercado perante a concorrência. Como não há nenhuma premissa sobre a imagem da empresa na opinião dos usuários, escolhe-se um público alvo e faz-se uma série de questões abertas. Neste exemplo, a empresa escolheria diversas pessoas para saber quais são as impressões delas em relação ao produto.

Diferentemente do modelo de metodologia quantitativo, a pesquisa qualitativa busca se aprofundar nas questões e não em resultados estatísticos. Por isso, sua metodologia é mais complexa. Normalmente quando as perguntas são mais abertas, as respostas também tendem a ser mais longas e difíceis de interpretar. Fazer questões que dão liberdade aos entrevistados ajuda a formar o cenário da pesquisa. Por isso, é primordial fazer este tipo de abordagem.

As dificuldades de se fazer uma pesquisa qualitativa (em relação à quantitativa) não se limitam a apuração dos dados. Conseguir um público alvo disposto a responder muitas perguntas não é uma tarefa fácil. Na hora de fazer as perguntas em profundidade, a metodologia qualitativa também se mostra mais complicada que a quantitativa. Isto acontece porque é necessário deixar o grupo participante da pesquisa o mais livre possível e ainda demonstrar neutralidade na hora das questões.

Benefícios da metodologia de pesquisa qualitativa

Como dito antes, a pesquisa qualitativa permite ter uma visão mais ampla de um cenário. Ou seja, só com perguntas feitas com profundidade é possível chegar mais próximo do que o cliente (no caso o público pesquisado) pensa. Quando você dá a opção das pessoas falarem o que desejam a respeito de um produto ou serviço, é provável que você consiga novas respostas. E novas respostas significam chances de novos negócios.

A pesquisa qualitativa, tanto a Focus Group quanto a em Profundidade deve ser usada principalmente antes de se abrir ou expandir um negócio, quando ainda não temos noção de como é o cenário do mercado consumidor. Este tipo de pesquisa é perfeito para descobrir em que solo pisaremos e quais são os melhores caminhos que devemos seguir para conseguir sucesso nos negócios. Seja ele qual for. Esta metodologia de pesquisa de opinião é válida também para investigar o motivo da satisfação ou insatisfação de um grupo de clientes. Às vezes apenas a abordagem quantitativa não é suficiente para uma investigação completa!