Erros comuns em pesquisas de mercado

Muitas empresas, a fim de cortar custos, tentam fazer a pesquisa de mercado por elas mesmas, o que é uma atitude muito inteligente, uma vez que este tipo de pesquisa é de extrema importância em ambientes de grande competitividade. Contudo, é preciso ter as ferramentas e conhecimentos específicos, para que a experiência seja de fato gratificante e lucrativa para o seu negócio. A contratação de uma consultoria especializada pode ter um ótimo custo-benefício e trazer diversas vantagens e maior segurança para as suas ações.

Mesmo que não seja uma ação muito complexa, todos os anos, milhares de empresas falham em suas pesquisas de mercado por desconhecerem certos elementos ou por atuarem com foco pouco assertivo. Veja agora 6 erros comuns na hora de fazer pesquisa de mercado.

 

1 – Falta de um objetivo bem definido

Toda pesquisa deve possuir um objetivo bem direto. Como não se pode saber tudo sobre o cliente, concorrência e todas as nuances do mercado, deve-se definir com assertividade qual resposta você quer obter com a sua pesquisa. É preciso ter um foco. Caso ocorram dúvidas sobre outros objetivos, em outra oportunidade é possível realizar uma nova pesquisa com outra temática. A todo o momento, o objetivo deve estar claro, pois isso terá um grande impacto na tabulação dos resultados e na sua interpretação.

 

linguagem complexa2 – Linguagem e abordagem complexas demais

Em geral, as pesquisas de mercado possuem um público composto por pessoas de diferentes perfis e é preciso padronizar a linguagem e a abordagem para que sejam claras e diretas. Enquanto estiver elaborando seu questionário, sempre pense em quem está lendo suas perguntas. Não use linguagem técnica, jargões ou excesso de formalidades. Muitas vezes as pessoas deixam de participar por não entenderem bem a proposta ou o que é perguntado ou pela abordagem demasiado invasiva. O bom senso deve ser essencial neste processo.

 

3 – Perguntas mal elaboradas, alternativas confusas

Toda pergunta deve ter um foco e estar alinhada com o objetivo principal da pesquisa, de modo a desdobrar as informações e até mesmo aprofundá-las. As pesquisas devem ser diretas, sem divagações. Já no caso das alternativas, é importante que cada uma seja clara e sem dualidade – a não ser no contraste uma com as outras. Quanto mais definidas as alternativas, mais rápida será a resposta e o entendimento do leitor.

4 – Perguntas que não acabam mais

Ninguém gosta de ficar respondendo perguntas demais, ainda mais quando o tempo é curto. O público já está fazendo um favor, então não abuse. Selecione as perguntas conforme a relevância e os objetivos da pesquisa. Reveja cada uma delas no seu questionário e elimine aquelas que não são essenciais, pois uma lista muito extensa de perguntas pode levar à falta de atenção de quem está respondendo à sua pesquisa.

 

público alvo5 – Direcionamento mal executado ao público-alvo

Este talvez seja o pior entre todos os erros mencionados em uma pesquisa de mercado. É muito importante saber quem é o seu público-alvo, pois se isso não estiver claro, todo o processo se perderá. Muitas vezes o questionário é bem elaborado, revisado e testado, mas na hora de sua aplicação, o entrevistado foge do público-alvo previsto. A dica de ouro é segmentar seu público ao máximo.

 

erro ortográfico6 – Erros ortográficos

Revise quantas vezes forem necessárias o seu questionário. Erros gramaticais ou ortográficos, além de evidenciar um descuido e ser esteticamente ruim, pode confundir o entrevistado.